08 Beijos Marcantes dos Livros


Oi Gente!

O dia tá quase terminando, mas... 
Hoje é o dia do beijo, chegou a noite, me bateu a maior nostalgia por ver tantos comentários a respeito dessa data.
Lembrar que o meu namorado está a quase 400 km de distância  me impossibilitando dentre outras coisas de comemorar esse dia =P  resolvi fazer um post sobre os 8 beijos mais marcantes dos livros mais recentes que li.
Não os coloquei por ordem do melhor ou mais arrebatador, estão mais ou menos de acordo com a ordem em que os tirei da prateleira rs. Em fim, suspire, tal como eu ao ler, e relembrar essas histórias de amor.


1. Will e Ronnie

Inclinando-se ele a beijou delicadamente, primeiro no rosto, depois nos lábios. Quando seus olhares se encontraram, ela viu o jovem que tinha amado no verão passado e o jovem que ainda amava.
- Eu nunca deixei de te amar, Ronnie. E nunca deixei de pensar em você. Mesmo que o verão tenha acabado.
- Eu também te amo, Will Blakelee – ela sussurrou, inclinando-se para beijá-lo novamente.
(A Última Música - Nicholas Sparks - Página 383)


2. Rico e Ana

Toquei em seu rosto com suavidade antes de puxá-la para um beijo novamente. Não era minha intenção, mas quando Ana se virou para me abraçar, nossos corpos foram se encaixando ponto a ponto, como duas peças de um quebra-cabeça perfeito. O corpo dela foi se moldando no meu, enquanto ela me beijava.
(Entre Mente e Coração - Lycia Barros - Página 162)

3. Landon e Janie

Não foi muito longo, e também não foi o tipo de beijo que vemos nos cinemas hoje em dia, mas foi maravilhoso à sua própria maneira. E tudo de que eu me lembro foi que, naquele momento quanto nossos lábios se tocaram pela primeira vez, eu sabia que a lembrança duraria para sempre.
(Um amor para recordar - Nicholas Sparks - Página 140)

4. Kim e Krickitt

Eu estava com o meu braço ao redor dela, e ela apoiava sua cabeça no meu peito. Sem qualquer aviso, ela olhou para mim e perguntou: - Você está feliz, Kimmer?
Não consegui resistir ao desejo de beijá-la antes de responder. – não consigo imaginar como poderia estar mais feliz.
E a beijei mais uma vez.
(Para Sempre - Kim e Krickitt Carpenter -  página 27)

5. John e Savana

Até hoje ainda não sei como aconteceu. Em um instante estávamos conversando, no seguinte, ela inclinou-se sobre mim. Por um segundo quis saber se o beijo quebraria o feitiço que nos envolvia, mas já era tarde demais para parar. Quanto mais os lábios dela tocaram os meus,  soube que poderia viver cem anos e visitar o mundo todo e nada se compararia ao momento único em que beijei a mulher dos meus sonhos e soube que meu amor duraria para sempre.
(Querido Jonh - Nicholas Sparks - Página 114)

6. Thibaut e Beth

O que viu no olhar dela foi suficiente para lhe dizer que ela se sentia exatamente da mesma forma, e ele gentilmente puxou-a para perto de si. Aproximou seu rosto do dela e sentiu sua respiração quente ao tocar seus lábios uma vez, duas, até finalmente selá-los com um beijo.
(Um Homem de Sorte - Nicholas Sparks-  Página 217)


7. Ren e Kelsey

- Kelsey, olhe para mim. – levantando os olhos, eles seguiam dos seus pés para um botão branco no meio de sua camisa. – Olhe para mim.
Meus olhos continuaram sua jornada. Deslizaram pelo bronze dourado de seu peito, seu pescoço e então pousaram  em seu lindo rosto. Os olhos azul cobalto perscrutavam os meus, questionadores. Ele deu um passo à frente, aproximando-se mais. Minha respiração ficou presa na garganta. Estendendo a mão, ele lentamente a deslizou em torno da minha cintura. Sua outra mão segurou meu queixo. Ainda examinando meu rosto, ele colocou a palma em minha bochecha e traçou o arco da mão do meu rosto com o polegar.
Seu toque era doce, hesitante e cuidadoso. A expressão dele era de  espanto e compreensão. Eu estremeci. Ele ficou parado por mais um momento, então sorriu com ternura, baixou a cabeça e roçou os lábios nos meus.
Ren me beijou delicadamente, um beijo que era quase um suspiro.
(A maldição do Tigre - Colleen Houck - Página 214, 215)
8. Bock e Chloe

Ele abaixou a cabeça até seus olhos ficarem bem perto dos dela. — Você me ouviu? Nunca mais repita isso. Não chegue a essa conclusão nem pense nisso. Não é possível que você goste mais de mim do que eu de você. Você é a minha vida. Eu a amo, Chloe. Você não sabe?
Ele percebeu que ela recuou um pouco ao ouvir sua primeira declaração de amor. As lágrimas que rolavam em seu rosto pingaram nas mãos dele, e ela começou a dizer: — Como eu poderia...? — Mas ele curvou-se e encostou os lábios nos dela, abafando suas palavras. Desta vez não foi um simples toque de lábios. Ela levantou os braços, passou-os por volta do pescoço dele e segurou-o firme enquanto se beijavam.
De repente, ela afastou-se um pouco e murmurou: — Será que você só disse isso porque está partindo e... — Mas ele a fez calar novamente com outro beijo.
(Comando Tribulação -  – Página 389)



Bem, para encerrar esse post faço uma dedicatória ao meu querido amorzinho. Mesmo não podendo comemorar o "dia do beijo" no "dia do beijo" rs, trago a memória momentos tão belos quanto os relatados acima, com uma vantagem sobre a maioria, a nossa história é real! *-*


A todos que podem, e a todos que assim, ou nem tão assim, como eu podem ou não comemorar esse dia rs Feliz dia do Beijo! Acho que dessa vez nem eu me entendi a enrolação que eu falei! Em fim, 

BEIJOS!

Até a Próxima! 

0 comentários:

Back to Home Back to Top Livros da Pris. Theme ligneous by pure-essence.net. Bloggerized by Chica Blogger.