Acontece a cada primavera

Edição: 1
Editora: Mundo Cristão
Autor (a): Gary Chapmam e Catherine Palmer
ISBN: 978-85-7325-635-2
Ano: 2010
Páginas: 297
Classificação: 

Sinopse
Steve não a procura mais, não presta atenção ao que ela diz. Brenda já não anseia por sua volta ao fim do dia. Um romance sem futuro. Um casamento chegando ao fim. O longo e tenebroso inverno das relações parece inevitável. Em meio a uma forte tempestade, surge Cory, um andarilho desconhecido. Ele parece destinado a trazer problemas a um casamento já conturbado. Poderia um homem jovem, desgrenhado, de jeans e camiseta ser a solução para um relacionamento enfadonho? Seria a primavera de emoções voltando à vida de Brenda? 

_________________________________________________
Um livro lindo, delicado e envolvente. Acontece a cada Primavera conta a história de Steve e Brenda, um casal maduro, que passa por diversas mudanças em suas vidas. Com um novo emprego e com os filhos na faculdade, o livro narra como este casal passou por essas mudanças e como resolveram os problemas advindos delas.
Steve é um pai de família responsável que zela pelo conforto, principalmente financeiro, dos filhos e da esposa.
Brenda uma mãe dedicada, que quando passa pelas mudanças da vida familiar, chega a beirar a depressão.
O livro também conta um pouco a história de Patsy, a dona do “Assim como estou”, um salão de beleza, local de renovar a aparência e firmar as amizades [Além de ser um bom ponto de encontro pra deixar rolar uma fofoquinha básica].
Além desses personagens tem a história de Cody, um rapaz com retardo mental. Sua participação é extremamente cativante no livro.  Ele me lembrou muito o Forrest Gump, com seu amor e simplicidade.
Há outros personagens, mas acho que terei mais o que falar deles nos próximos livros, já que esse é o primeiro volume de uma série baseada no livro de Gary Chapman “As quatro estações do casamento”.
Outra característica, é que a história se conta em meio a uma comunidade basicamente puritana. Os moradores de Deepwater Cove são evangélicos e tem suas experiências, por mais que sejam discretas relacionadas à igreja e vida cristã. Achei um pouco exagerada essa comunidade, um tanto utópica talvez, mas nada que prejudicasse a história em si.
É uma leitura leve, agradável e com bastante ensinamentos através dos exemplos dos personagens. Eu curti!

Até a Próxima!

Gigantes da Fé

Edição: 1
Editora: Vida
Autor (a): Franklin Ferreira 
ISBN: 978-85-7367-932-8
Ano: 2006
Páginas: 351
Classificação: 



Sinopse
Muito já foi dito a respeito da espiritualidade cristã. Em um período pautado pelo relativismo, individualismo e consumismo, é imprescindível olhar para trás e resgatar as preciosas lições que a história nos ensina por meio de personagens inspiradoras. Em Gigantes da fé você encontrará uma introdução à história da espiritualidade cristã a partir do exemplo contagiante de homens como Policarpo de Esmirna, Agostinho de Hipona, John Wycliffe, Martinho Lutero, João Calvino, John Wesley, Charles Spurgeon e muitos outros que marcaram época e serviram como “...o terreno onde a devoção e a espiritualidade cristã foram formadas”.
Franklin Ferreira apresenta à igreja brasileira uma preciosa ferramenta de encorajamento e motivação que influenciará a vida e o ministério de todos aqueles que desejam cultivar um relacionamento profundo com Deus e envolver-se efetivamente em seu Reino.
Quando estudamos os escritos dos gigantes do passado, nos colocamos sobre seus ombros, vendo mais longe.  Franklin Ferreira é membro das equipes pastorais da Igreja Presbiteriana da Barra da Tijuca e da Primeira Igreja Batista do Cosme Velho. É graduado em teologia pela Escola Superior de Teologia da Universidade Mackenzie e mestre em teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil. É casado com Marilene e pai de Beatriz.
Gigantes da Fé - Espiritualidade e teologia na igreja cristã - Franklin Ferreira

 __________________________________________________________________


“Existem duas maneiras para representar e recomendar a verdadeira religião e a virtude ao homem — uma é mediante a doutrina e o preceito; a outra é por instância e exemplo.”
 Jonathan Edwards

Mais uma das minhas paixões, biografias inspiradoras, que nos dão exemplo de uma fé verdadeira e de transformação através do evangelho.
Este livro traz  um breve relato da vida de 30 gigantes da fé. Homens que marcaram a história em suas épocas. Há relatos de homens desde a era dos pais apostólicos [aqueles que sucederam os apóstolos de Jesus] até os mais recentes gigantes da fé.
Apesar de ser bem histórico, não é uma leitura maçante.
O autor teve a intenção de trazer os pontos positivos da vida de cada gigante. Os dados mais polêmicos ele preferiu não expor, trazendo somente as virtudes à tona.
Uma coisa que me incomodou de certo modo foi a ênfase predestinista que o livro passa. Até, John Wesley ele apresenta com forte tendência predestinista, sendo que Wesley era defensor do livre arbítrio enfatizado por Armínio.
Fora isso o livro é excelente.  Fiz um breve comentário sobre cada gigante:

  1. Policarpo de Esmirna, um dos pais apostólicos, discípulo dos apóstolos.Foi mártir da causa de Cristo, sendo queimado vivo em sua velhice por não renunciar a sua fé.
  2.  Irineu de Lyon, outro pai apostólico que defendeu a fé das heresias do gnosticismo;
  3. Atanásio de Alexandria um grande defensor da divindade de Jesus, combateu fortemente o Arianismo, sua vida foi marcada por muitas idas e vindas pro exílio;
  4. Basílio de Cesaréia, defensor da divindade do Espírito santo, desenvolveu a doutrina da trindade.
  5. Agostinho de Hipona, filosofo cristão, que contribuiu na luta contra o pelagianismo e outras heresias da época. 
  6. Leão Magno, o defensor da dupla natureza de Cristo [homem e divina];
  7. Benedito de Núrsia, o pai do monasticismo;
  8. Anselmo de Canterbury, colocou a razão a serviço da fé;
  9. John Wycliffe, a estrela da manhã da reforma e tradutor da Bíblia para o inglês;
  10. Jan Huss, mártir acusado de heresias, mas defensor da verdadeira doutrina cristã; 
  11. Tomás Kempis, defendia a vida piedosa e crescimento espiritual através da leitura bíblica, orações e santificação - a imitação de Cristo;
  12.  Marinho Lutero, o grande reformador que lutou contra a venda de indulgências, e queria reformar a fé católica, mas acabou sendo o ícone da reforma protestante. 
  13. Felipe Melanchthon, reformador da mesma época de Lutero;
  14.  Ulrich Zwinglio, reformador na Suíça
  15. João Calvino, grande teólogo e intérprete das Escrituras
  16. William Tyndale, mais um tradutor da Bíblia para o inglês;
  17. Richad Baxter, Pastor e evangelista de grande influência;
  18. John Bunyan, pregador e dono das maiores histórias de ficção do cristianismo, entre elas o Peregrino;
  19. Blaise Pascal, usou a filosofia e a razão à teologia.
  20. Johann Sebastian Bach, Músico que uniu música à teologia.
  21. Jonathan Edwards, Pastor e evangelista, famoso pelo sermão "pecadores nas mãos de um Deus irado"
  22. John Wesley, o pai do metodismo,
  23. Willian Carey, pai das missões modernas e tradutor da bíblia para diversas línguas."
  24.  Willian Wilberforce, servo atuante na área social que trabalhou pela libertação dos escravos na Inglaterra;
  25. José Manuel da conceição, o "padre protestante" que levou o evangelho a muitas cidades de São Paulo, Rio e Minas;
  26. Charles Spurgeon grande Pregador Inglês, que defendia o evangelho genuíno
  27. Abraham Kuyper, lutou contra o liberalismo e ao retorno do verdadeiro evangelho já dentro da reforma.
  28. C.S.Lewis, usou histórias de fantasia para expressar verdades cristãs, além disso foi um grande defensor do cristianismo puro e simples (me de uma de suas mais famosas obras);
  29. Francis schaeffer, buscou uma nova maneira de viver o cristianismo na correria do mundo atual;
  30. D.M. Llyod-Jones, grande pregador da Palavra, que defendia a pregação Bíblica
Esses são os 30 gigantes da fé. Esta foi uma leitura muito enriquecedora. 
Algo que acho que deve ficar registrado, é a semelhança que TODOS têm. O que marcou a vida de cada gigante da fé é a enfase que TODOS davam a leitura da Bíblia e da Oração! Fica a dica pra gente pensar nisso.
No ultimo capítulo o autor faz uma análise da pós-modernidade e como esses gigantes nos dão exemplo de como nos portar para marcarmos o nosso tempo. 
Muito bom, recomendo a leitura!
Pela primeira vez, farei nessa resenha algo que já vi em outros blogs como o free to be me, por exemplo, e colocarei uma música que tem tudo a ver com esse livro. Como é o primeiro, ainda é um teste, mas para estréia, trouxe uma música de um grupo que tem falado muito ao meu coração nos últimos dias. A música é Marcas - grupo Logos 

"Rever histórias que o tempo não levou
Como os discípulos deixaram suas redes,
O seu pão, a sua Vida e seguiram a Jesus
E muitos deles, certamente a maioria,
Não tiveram vida boa, mas trocaram por melhor:
Andaram perto do Senhor"



Até a Próxima!

Namoro é Coisa séria



Edição: 1
Editora: Oxigênio
Autor (a): Rodrigo Quirino
ISBN: 978-85-98172-13-2
Ano: 2010
Páginas: 100
Classificação: 



Sinopse
Vivemos um tempo em que é necessário posicionarmo-nos perante as coisas de Deus. Não dá mais para ficar “em cima do muro”. Ou somos de Cristo, ou somos do mundo, e se somos de Cristo temos que lutar contra o pecado. Permita que durante a leitura o Espírito também ministre em seu coração direcionando-o a toda verdade. Peça ao Senhor que sonde o seu coração para que Ele mostre a você aquilo que há de errado no seu caminho. Que Deus possa falar ao seu coração, porque tendo a sabedoria Dele seu namoro será maravilhoso. “Namoro é coisa séria”, escrito numa linguagem clara e direta, é um verdadeiro manual de como namorar sem dar trela para o pecado. Sua leitura ajudará aos que, sinceramente, estão preocupados em levar a sério os padrões de integridade e espiritualidade, indispensáveis para adolescentes e jovens que desejam ser vitoriosos e felizes sem marcar bobeira no namoro.
 ____________________________________________________________________

Assim, que o livro chegou não levei muito tempo pra ler. Posso dizer, que considero “Namoro é coisa séria” como um manual prático pra quem quer ou está em um relacionamento sério.
Com uma linguagem simples, ele vai direto ao ponto. O autor, Rodrigo Quirino, não faz rodeio, fala o que tem a dizer sem embromações, no português claro hehe
Gostei da base bíblica. Pelo fato da expressão “namoro” não ser encontrada na bíblia, muitos tentam forçar a interpretação de alguns versículos para se moldar a mensagem que querem passar. Rodrigo não faz isso, pelo contrário, ele usa situações do namoro para fazer uma análise bíblica, o que é e o que não é aconselhável. Por exemplo, não tá escrito na bíblia, que a pessoa no namoro não pode ter inveja, mas a inveja é um sentimento condenado pela Bíblia, logo a inveja no namoro é contra os princípios bíblicos. Entende?
Concordei com a maior parte do livro, apenas alguns detalhes, não fui cem por cento de acordo, mas essas coisas me fizeram pensar.
Além de dar a minha opinião nessa resenha, tive uma idéia. Quando o livro chegou, meu irmão o viu na minha mão, logo disse: esse eu vou ler também! Como as analises que vi do livro envolvem apenas meninas, achei interessante ter uma opinião masculina também, por isso, essa segunda parte da resenha vai ter a ajuda do meu irmão Patrick Stumpf. Será em forma de entrevista, espero que curtam.

Patrick Stumpf
18 anos

Priscila você já leu algum outro título a respeito do tema namoro cristão?

Patrick: Não

Priscila: o que você achou da leitura desse?

Patrick: muito boa, pois acrescenta muitos conhecimentos sobre o namoro.

Priscila: Como disse acima, considerei “Namoro é coisa séria” como um manual prático pra quem quer ou está em um relacionamento sério. Em seu entendimento, o livro é relevante para os dias de hoje? Por quê?

 Patrick: sim, muito importante, pois o livro não trata apenas do “namoro” e de como “tratar a namorada” o livro trata mais sobre o namoro em relação aos sentimentos da pessoa e na sua vida espiritual.

Priscila: o que de melhor você aprendeu com Relacionamento é coisa séria?

Patrick: aprendi que namoro não é apenas uma brincadeira entre duas pessoas, “Namoro é coisa séria”. Muito mais que ficar se beijando, ou sair de mãos dadas.

Priscila: o que mudou depois da leitura de Namoro é coisa séria?

Patrick: mudou a minha maneira de ver e pensar sobre o namoro. Pensava que o namoro era só namorar “pra ver no que ia dar”, mas agora sei que o namoro vai muito além disso, pois se der bobeira, podemos cair em várias armadilhas espirituais.

Priscila: você ainda não está namorando. O livro trouxe algum ensinamento para fazer a escolha da pessoa certa? Quais?

Patrick: sim, para tomar cuidado com o jugo desigual, aparência, entre muitas outras coisas. E o mais importante, que devemos ter uma vida espiritual fortalecida antes de se envolver no namoro.

Priscila: para quem e por que você indicaria esse livro?

Patrick: para casais e pessoas solteiras, pois o livro ensina e faz você abrir os seus olhos para muitas verdades.


Priscila: ultima pergunta, o que você achou da diagramação e linguagem do livro?

Patrick: a diagramação é diferente e moderna, curti bastante. Quanto à linguagem, achei muito boa, voltada totalmente para o publico jovem.

Gostei muito do livro em si, apesar de ser relativamente pequeno, seus ensinamentos são grandes. O autor conseguiu expressar tudo que pensou em poucas palavras e sem muita enrolação. Indo direto ao ponto, sem maquiar as palavras. Recomendo!
Patrick Stumpf

Espero que tenham gostado da resenha/entrevista. [foi a nossa primeira, com o tempo melhora hehe]

Esse livro faz parte do book Tour organizado pela Nada Meireles, quer conferir as outras resenhas dos blogs participantes?



Links:  

Até a Próxima!

Back to Home Back to Top Livros da Pris. Theme ligneous by pure-essence.net. Bloggerized by Chica Blogger.