Acontece a cada primavera

Edição: 1
Editora: Mundo Cristão
Autor (a): Gary Chapmam e Catherine Palmer
ISBN: 978-85-7325-635-2
Ano: 2010
Páginas: 297
Classificação: 

Sinopse
Steve não a procura mais, não presta atenção ao que ela diz. Brenda já não anseia por sua volta ao fim do dia. Um romance sem futuro. Um casamento chegando ao fim. O longo e tenebroso inverno das relações parece inevitável. Em meio a uma forte tempestade, surge Cory, um andarilho desconhecido. Ele parece destinado a trazer problemas a um casamento já conturbado. Poderia um homem jovem, desgrenhado, de jeans e camiseta ser a solução para um relacionamento enfadonho? Seria a primavera de emoções voltando à vida de Brenda? 

_________________________________________________
Um livro lindo, delicado e envolvente. Acontece a cada Primavera conta a história de Steve e Brenda, um casal maduro, que passa por diversas mudanças em suas vidas. Com um novo emprego e com os filhos na faculdade, o livro narra como este casal passou por essas mudanças e como resolveram os problemas advindos delas.
Steve é um pai de família responsável que zela pelo conforto, principalmente financeiro, dos filhos e da esposa.
Brenda uma mãe dedicada, que quando passa pelas mudanças da vida familiar, chega a beirar a depressão.
O livro também conta um pouco a história de Patsy, a dona do “Assim como estou”, um salão de beleza, local de renovar a aparência e firmar as amizades [Além de ser um bom ponto de encontro pra deixar rolar uma fofoquinha básica].
Além desses personagens tem a história de Cody, um rapaz com retardo mental. Sua participação é extremamente cativante no livro.  Ele me lembrou muito o Forrest Gump, com seu amor e simplicidade.
Há outros personagens, mas acho que terei mais o que falar deles nos próximos livros, já que esse é o primeiro volume de uma série baseada no livro de Gary Chapman “As quatro estações do casamento”.
Outra característica, é que a história se conta em meio a uma comunidade basicamente puritana. Os moradores de Deepwater Cove são evangélicos e tem suas experiências, por mais que sejam discretas relacionadas à igreja e vida cristã. Achei um pouco exagerada essa comunidade, um tanto utópica talvez, mas nada que prejudicasse a história em si.
É uma leitura leve, agradável e com bastante ensinamentos através dos exemplos dos personagens. Eu curti!

Até a Próxima!

0 comentários:

Back to Home Back to Top Livros da Pris. Theme ligneous by pure-essence.net. Bloggerized by Chica Blogger.