Querido John


Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN:978-85-63219-02-2
Ano: 2010
Páginas: 288
Classificação: 

Sinopse
Nicholas Sparks, autor número 1 de best-sellers, traz agora uma história inesquecível de um jovem que tem que tomar a decisão mais difícil de sua vida, em nome de seu grande amor.
“Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre.
Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.

_____________________________________

O livro é surpreendente. Confesso que o que me levou a ler, foram as inúmeras indicações que recebia dos amigos virtuais.
Pela sinopse, o interesse foi aumentando e decidi comprar o livro, para ler nas férias. 
Infelizmente nesse ínterim assisti ao filme, e senti um pouco de decepção por este não ter correspondido às minhas expectativas – nem chorei no final.
Mas mesmo assim, apesar da empolgação ter baixado, continuei firme no propósito de ler. Afinal listei-o no meu desafio de férias!
Comecei no domingo (26/12) e pensei que não seria capaz de terminar até o final do ano.
Enfim, consegui e estou satisfeita por tê-lo feito.
John um cara rebelde, que como diria a minha mãe “toma um chá de simancol”, e decide dar um novo rumo a sua vida, longe de um caminho “errante”.
Alista-se no exército e anualmente tem suas licenças. Dentre essas, com a vida já transformada (pela disciplina militar), conhece Savannah, uma menina doce e meiga, pela qual se apaixona.
Parece um amor passageiro de verão, mas quando é chegado o momento de se separar ambos decidem continuar o namoro, apesar da distância, na promessa de um breve retorno.
Durante esse período John e Savannah trocam correspondências, (que apesar de poucas, são de tirar o fôlego) para manter vivo o amor que sentiam um pelo outro.
Quando estava perto de  John retornar aos braços de seu amor, há os atentados de 11 de setembro, e ele é obrigado a prolongar mais do que esperava o período de seu alistamento.
Durante essa nova fase militar John recebe uma carta que mudou o rumo de sua vida e da vida de sua amada.
Daí em diante o livro é só emoção. O final é realmente surpreendente, aliás completamente diferente do filme, prepare os lenços.

Destaco algumas coisas que me chamaram a atenção.

Narrador: não sei o porquê, mas achei diferente e interessante o livro ser narrado por um homem, John.

A vida militar: pra falar a verdade, não tenho a mínima idéia de como seja realmente a vida de um soldado, mas pareceu-me muito real e ao mesmo tempo delicado os relatos dessa rotina.

Pessoas especiais: o livro trata de forma séria e com muita sensibilidade a questão da deficiência intelectual ou mental, no caso asperger e autismo. Um problema social, como a inclusão de deficientes,  em um romance, foi gratificante ler.

O livro é realmente muito bom, vale a pena conferir!

Até a próxima!

7 comentários:

Ana Carolina Nonato (BLOG O DESAFIO DE CADA DIA) disse...
30 de dezembro de 2010 17:02

Olá!

Dizem que esse livro é muito bom. Eu, dificilmente, terei tempo de lê-lo. Mas gostei de sua resenha crítica, sucinta e objetiva.

Abraços!

Preguiça alheia disse...
31 de dezembro de 2010 00:54

Parabéns pelo blog.. entra no meu e se gostar pode seguir!!

ps.: estou te seguindo!

Abraço,
P.A.
______________________________________
http://www.preguicaalheia.blogspot.com

Guilherme disse...
3 de janeiro de 2011 17:10

adorei a ideia do blog bem legal e tbm a sua "sinopse" dos livros

abraços

http://squabies.blogspot.com/

Marina Oliveira disse...
4 de janeiro de 2011 14:54

Ótima resenha... Apesar de não ser meu estilo literário, o livro parece ser bem bacana.
Beijos ;*

Érico Pena disse...
8 de janeiro de 2011 17:58

Grande dica amiga, adoro livros e filmes e filmes baseados em livros são melhor ainda, se bem q quase sempre o lvro é melhor! se quiser algumas dicas de filmes passe em: www.cinemeirosnews.blogspot.com
Grande abraço amiga blogueira e sucesso com o blog

O mundo de cada um disse...
8 de janeiro de 2011 20:15

Eu também costumo indicar livros, acho essa iniciativa muito legal.

Cíntia Mara disse...
13 de janeiro de 2011 12:57

Ai, é lindo, mas muito sofrido. Me identifiquei tanto com algumas situações que não sei se vou conseguir relê-lo algum dia.

Beijos

Back to Home Back to Top Livros da Pris. Theme ligneous by pure-essence.net. Bloggerized by Chica Blogger.